DESDE MAIO

DE 1999

NOSTRADAMUS - A HORA DA VERDADE

O MAIOR, MELHOR, E MAIS SÉRIO SITE EM PORTUGUÊS SOBRE NOSTRADAMUS

 

 Site editado por Wilson A de Mello Franco - Autor de 20 livros sobre Nostradamus.

FINALMENTE VOCÊ ENCONTROU UM SITE DE VERDADE SOBRE NOSTRADAMUS!

 

Menu Nostradamus

Menu Profecias

Contato - Imprensa

Cabala

Livros do Autor do Site

 ® DIREITOS RESERVADOS - EDITORA SÉCULO XXI LTDA - LEI 9610 Direitos Autorais 1998.        

 

AS CENTÚRIAS  DE NOSTRADAMUS

 

TEXTO ORIGINAL COMPLETO E TRADUÇÃO COMPLETA

DE AS CENTÚRIAS DE NOSTRADAMUS 

 

POR WILSON A DE MELLO FRANCO

 

      Meu site sobre Nostradamus entrou no ar em maio de 1999, quando a internet brasileira ainda era incipiente. É meu objetivo torná-lo o maior e melhor site em português sobre os trabalhos de Nostradamus.

 

 

Explicações sobre a semântica do texto:

 

Existem muitas edições antigas preservadas de As Centúrias publicadas na França, Holanda, Itália e outros países, e estão geralmente em algumas bibliotecas (de Lyon, por exemplo) ou na posse de colecionares.

 

A primeira edição foi publicada incompleta em 1555, em Lyon, apenas até a quadra 53 da Centúria IV, e ainda sem a Epístola a Henrique.

 

A segunda edição data de 1557 e continha 7 Centúrias, todas com 100 quadras, exceto a VII, com apenas 40. Esta edição foi publicada também em Utrecht (Holanda) e no caso a Centúria VII continha 42 quadras. A grande diferença em relação à edição anterior é que continha a Epístola a Henrique Rei de Franca Segundo, aparentemente uma dedicatória ao então rei Henrique II, cuja corte Nostradamus frequentou no tempo em que Catarina, esposa de Henrique II, o chamou a Paris.

 

Estou convencido de que a publicação a “picadinho” faz parte do enigma das datas. Isso se encontra discutido em meus livros.

 

Uma edição “completa” apareceu em 1568, Benoist Rigaud, acrescida das Centúrias VIII, IX, e X, cada uma com 100 quadras. Confirma-se a Centúria VII com 42 quadras.

 

Na edição de 1697 foram acrescentados as Centúrias XI (duas quadras apenas) e XII (10 quadras apenas), e 56 sextilhas. Depois seriam acrescentados os 141 presságios retirados de seus antigos almanaques de “previsão do tempo”.

 

Outras edições se seguiram, algumas acrescentando quadras apócrifas.

 

 

ERROS DE IMPRESSÃO

 

É claro que há erros de impressão em todas as edições.

Em meus trabalhos e livros comparo as três primeiras edições (1555, 1557, e 1568) detectando os prováveis erros de impressão.

 

AS EDIÇÕES ORIGINAIS DE AS CENTÚRIAS SE ENCONTRAM PERFEITAMENTE CONSERVADAS -  Isso é importante, pois ninguém poderá alegar o famoso “não há provas”: principalmente quando Nostradamus diz claramente que a monarquia francesa duraria até o ano de 1792. Certa vez vi numa edição da revista Veja uma menção a Nostradamus que dizia que ele foi um “matuto” que compôs o texto de modo que sempre acertaria. Bom, a Veja deveria explicar como é que ele acertou o ano da queda da monarquia 235 anos antes do fato! Foi chute? Isto é o “cala boca, Magda” que Nostradamus colocou no texto em prosa para matar qualquer argumento que vier negar seu texto profético. Se alguém se dispuser a me convencer que foi só um chute, antes peço que me traga a previsão do próximo chute do Neymar na trave, então direi: “Sim, fim de papo, Nostradamus era só um matuto. Dá licença, fui”.

 

 

SEMIÓTICA DE AS CENTÚRIAS

 

O texto em francês que publico aqui não foi totalmente comparado com outras edições, mas coloquei entre colchetes alguns termos que aparecem em outras edições, ou mesmo o verso todo quando existe mais que um sentido.

 

Como o francês é uma língua neolatina como o português, muitos duplo ou mesmo triplo sentido são parecidos, como por exemplo, “partido”, que tanto pode ser quebrado, um partido político, ou ainda ido embora. É importante notar isso porque quando se faz a tradução para o inglês muito se perde do duplo sentido, e como muitos livros publicados no Brasil são traduções de uma tradução inglesa, imagine a “sopa” que fica! Principalmente quando o autor não fez a comparação dos textos entre as várias edições ou uma pesquisa adequada dos arcaísmos e latinismos e grecismos presentes no texto, e regionalismos. Então, nós latinos, levamos vantagem sobre os autores americanos ou ingleses, embora essa vantagem possa ser anulada pelo múltiplo sentido que a construção do verso apresenta, caso isso não seja considerado. Como exemplo pegue-se o primeiro verso da primeira quadra da Centúria I.

 

ESTAND assis de nuict secret estude...

Estando sentado de noite secreto estudo...

 

SENTIDO REAL: Estando sentado à noite em estudos ocultos num estúdio secreto...

 

Quando Nostradamus coloca uma palavra inteiramente em MAIÚSCULA significa que é também um anagrama ou tem um duplo sentido. No entanto, há edições que colocam a primeira palavra do verso em maiúscula, como acima.

 

Na verdade, cada quadra é como se tivesse “zipada” ou fosse um arquivo “rar”: quando se “descompacta” obtém-se às vezes uma página inteira de texto!

 

O texto está codificado conforme a ASTROLOGIA JUDICIAL, ou a astrologia cabalística, mas ele também faz uso dos símbolos da astrologia popular não para fazer profecia, como os astrólogos acreditam, mas para ampliar o simbolismo da astrologia judicial, embora Nostradamus nos faça acreditar que ele mesmo é um mero astrólogo. Quando fazia um horóscopo para algum cliente incluía, quando queria, vidência como se fosse previsão astrológica (veja meu livro CARTAS DE NOSTRADAMUS). A astrologia, embora condenada na Bíblia, na época se confundia com a astronomia e era então tolerada. Nostradamus, judeu convertido, tinha bom relacionamento com as autoridades eclesiásticas.

 

 

 

 

ESTES SÃO ALGUNS DOS MEUS 30 LIVROS QUE ESTÃO

SAINDO IMPRESSOS EM JULHO DE 2014

 

2

0

1

4

I

M
P
R
E
S
S
O

S

30

 

L

I

V

R

O

S

clique na imagem

clique na imagem

2

0

1

4

clique na imagem

para conhecer

clique na imagem

para conhecer

clique na imagem

para conhecer