DESDE MAIO

DE 1999

NOSTRADAMUS - A HORA DA VERDADE

O MAIOR, MELHOR, E MAIS SÉRIO SITE EM PORTUGUÊS SOBRE NOSTRADAMUS

 

 Site editado por Wilson A de Mello Franco - Autor de 20 livros sobre Nostradamus.

FINALMENTE VOCÊ ENCONTROU UM SITE DE VERDADE SOBRE NOSTRADAMUS!

 

Menu Nostradamus

Menu Profecias

Contato - Imprensa

Cabala

Livros do Autor do Site

 ® DIREITOS RESERVADOS - EDITORA SÉCULO XXI LTDA

 Proibida a cópia de qualquer parte deste site, para qualquer fim, sem autorização dos autores.

 LEI 9610 dos Direitos Autorais, de 1998.      

 

 

1945:  II GUERRA MUNDIAL:  OS ÚLTIMOS DIAS DE HITLER VIVO

  A CÚPULA NAZISTA ENJAULADA NO TRIBUNAL DE NUREMBERG

   

                Todas as interpretações são de Wilson A de Mello Franco

 

      II.24

         Bestes farouches de faim fleuves tranner,

             Plus part du champ encontre Hister(*) sera:

             En cage de fer le grand fera traisner,

             Quand rien enfant de Germain observera.

 

(*) Antigo nome do rio Danúbio. É consenso entre os intérpretes que Nostradamus usa

essa palavra com duplo sentido: Danúbio e Hitler:  o s substitui o l. 

 -  O melhor sentido do verso é este: “A maior parte do exército contra Hitler será;

     encontro no Danúbio será:”

encontre: francês: contra, em oposição a.

Champ - campo (de guerra, planície); setor.     

   

Bestas ferozes de fome cruzar os rios,

A maior parte do campo (de guerra) encontro Danúbio (ou de Hitler) será:

[segundo sentido: A maior parte do campo (de guerra) contra (Hitler) será:]

Numa gaiola de ferro o grande fará  transportar,

Quando nada o Germano (Hitler) observará criança. (II.24)

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

       Berlim, 22 de março de 1945:

 Hitler observa uma ala de garotos

Esta é a última vez que Hitler aparece vivo em uma filmagem.

 

A partir da derrota em Stalingrado, onde Hitler perdeu 1/4 de todo o seu efetivo militar, a derrota nazista fica configurada. A alta cúpula de guerra está descontente, Hitler sofre alguns atentados, mas escapa ileso. A derrota em Stalingrado  ocorreu principalmente porque os soviéticos impuseram um forte bloqueio ao abastecimento das tropas nazistas: somente 10% de toda a comida enviada por Berlim conseguiam ser recebidas, e ainda assim, como uma conspiração do destino, a maior parte era tempero, pimenta e sal. Aliado ao frio e à forte determinação do soldado russo, os nazistas se rendem.

Enquanto os russos avançam para pegar Hitler, as tropas nazistas vão recuando para proteger o Reich dentro de suas fronteiras (bestas ferozes de fome cruzar os rios).

Hitler havia se deitado na mesma cama cheia de percevejos em que Napoleão Bonaparte havia se deitado 130 anos atrás.

Com a vitória em Stalingrado e Leningrado os russos começam a contraofensiva, cruzando os rios e marchando do leste objetivando chegar primeiro e capturar Hitler. Ao entrar no território alemão, por onde passavam cometiam toda sorte de bestialidade contra a população de origem alemã ("Bestas ferozes"). 

 

A partir de março de 1945 as tropas americanas e inglesas, principalmente, cruzaram o Reno visando alcançar o rio Elba, conforme havia sido acordado na recente conferência de Ialta, para fazer coincidir ali o encontro com os soviéticos. O encontro ocorreu em 3 de maio, em Torgau e Wismar, às margens do Elba. No dia seguinte, em Linz, cidade austríaca às margens do Danúbio, uma patrulha avançada de uma divisão do exército russo, encontrou-se com patrulhas do 3o. Exército americano e patrulhas inglesas ("A maior do campo... Encontro no Danúbio será").

 

Do grande e poderoso Terceiro Reich só restava Berlim para cair. Hitler estava no seu bunquer sob a chancelaria, desde janeiro de 1945. Em 22 de março o Fuhrer sai para condecorar com a cruz de ferro uma ala de garotos perfilados. O Führer, reduzido a nada, num sorriso sem alento, faz um afago no rosto de um deles. O cinegrafista registrou essas imagens para a posteridade - as últimas de Hitler vivo - gravadas num documentário da BBC, exibido no mundo inteiro VEJA A CENA NO YOUTUBE

 

 

 

  

Em 29 de abril Hitler recebeu a notícia de que Mussolini havia sido executado e transportado num caminhão militar até Milão

 ("O grande transportado em gaiola de ferro [caminhão militar, com cobertura]"). 

 

 

Horas antes de se suicidar, Hitler nomeia seu efêmero sucessor, o almirante Dönitz, que alguns dias depois foi preso ("Grande... gaiola de ferro [cadeia] fará transportar").

 

A maior parte dos chefões do III Reich é levada para a prisão de Nuremberg, para aguardar os julgamento pelo Tribunal Internacional.

 

Mais tarde, com a instalação do tribunal de Nuremberg, devido a um tumulto provocado pelos acusados, o juiz ordena que os chefões do Reich sejam transportados e mantidos enjaulados dentro do tribunal. Entre eles está Herman Goering, marechal do Reich ("Numa gaiola de ferro [literalmente] o grande fará transportar").

Rudolf Hess, vice-líder do Partido Nazista, considerado o sucessor natural de Hitler antes de sua fuga para a Grã-Bretanha, devido a problemas psíquicos é condenado à prisão perpétua em Spandau, uma prisão em Berlim Ocidental, onde morre em 1987.

 

Prisão de Nuremberg, onde os chefões do III Reich foram confinados durante o

Julgamento de Nuremberg (novembro de 1945-1946)

 

 

É interessante a expressão GERMANO para designar Hitler, que não era alemão,

mas  austríaco, povo germano ao qual pertencem os alemães. 

 

Esta é uma das várias quadras que seguramente se refere a Hitler.