DESDE MAIO

DE 1999

NOSTRADAMUS - A HORA DA VERDADE

O MAIOR, MELHOR, E MAIS SÉRIO SITE EM PORTUGUÊS SOBRE NOSTRADAMUS

 

 Site editado por Wilson A de Mello Franco - Autor de 20 livros sobre Nostradamus.

FINALMENTE VOCÊ ENCONTROU UM SITE DE VERDADE SOBRE NOSTRADAMUS!

 

Menu Nostradamus

Menu Profecias

Contato - Imprensa

Cabala

Livros do Autor do Site

 ® DIREITOS RESERVADOS - EDITORA SÉCULO XXI LTDA

 Proibida a cópia de qualquer parte deste site, para qualquer fim, sem autorização dos autores.

 LEI 9610 dos Direitos Autorais, de 1998.      

 

 

  PROFECIA DE VETTERINI  

 

   

No ano de 1912 um artista plástico francês, chamado Pierre Corneille, começou a fazer algumas  pesquisas a respeito da continuidade da vida psíquica após a morte.

Reiné, uma jovem semi-inculta revelou-se uma excelente médium, e, em transe, transmitia mensagens e conhecimentos diversificados do "mundo espiritual", sempre guiada por um "espírito de luz" chamado Vetterini. As profecias foram  ditadas por Vetterini a partir de fevereiro de 1913. Reiné tem então uma visão aterrorizante: "como numa  tela de  cinema" presencia o desenrolar da Primeira Grande Guerra, que aconteceria no ano seguinte.

Ela descreve o cenário das batalhas e conclui:  

 

“Já está prestes a acontecer. É iminente. Já está bem próximo. Ainda este ano (1913) acontecerá algo. Estão (os espíritos)  tentando evitá-lo, mas isso não poderá ser impedido. Apenas pode se adiar o incidente... O incidente nas nações dos Bálcãs repercutiu por toda a Europa...”

 

           

            COMENTÁRIOS: De fato, o prelúdio da Primeira  Grande Guerra  foi em  1912, com a chamada Primeira Guerra Balcânica:  a Turquia  contra  a  Grécia,  Bulgária, Sérvia  e  Montenegro. No ano seguinte dá-se a Segunda Guerra Balcânica, entre a Bulgária e os  seus ex-aliados,  por  causa  de  intrigas  da  Áustria.

Mas  o  incidente inevitável, que repercutiu por toda a Europa, mencionado por Vetterini, é o assassinato, em 28 de junho de 1914, em Serajevo, na Bósnia,  dos herdeiros do trono da Áustria - o arquiduque Francisco Ferdinando e  sua esposa  - por um jovem estudante nacionalista. Não se encontrou  saída para a situação: é a Primeira Guerra Mundial.

 

Logo depois ele analisa a situação futura dos países que se envolverão na Primeira Grande Guerra:

 

             "Na Rússia, a estrutura militar desmoronará e haverá anarquia. Na Alemanha, o ódio da classe operária  pelo  Kaiser  aumentará  e crescerá  o anseio pelo regime republicano. O futuro de Guilherme  II será  tenebroso (Reine vê o kaiser sendo pressionado pelo povo). O mais potente império se aniquilará.

Isso é inevitável, eles desejam  o governo republicano."  

 

           

            COMENTÁRIOS:  Como  sabemos,  durante a I Guerra Mundial na Rússia irrompeu a  revolução  socialista,  em outubro  de 1917. A anarquia interna obrigou a Rússia a  abandonar  a guerra e a Aliança contra a Alemanha, que vivia o poderio do II Reich, e era, na época, o mais potente império da Europa.

Com o armistício e a derrota alemã rebentaram revoluções populares nos portos do  país, em Berlim e outros lugares. Pressionado, o kaiser  Guilherme II  abdica  e foge para a Holanda. Pouco depois surge a  República  de Weimar, e com ela Hitler entra em cena.

   

 

 

VETTERINI  VÊ A III GUERRA MUNDIAL

 

Vetterini então se embrenha pela futuro, nos dando uma visão da III Guerra Mundial. Primeiro nos apresenta o clima na França. Coincidência ou não, é o mesmo cenário que nos apresenta detalhadamente Nostradamus e outros profetas.

Tal qual Nostradamus, fala da queda do governo republicano e da volta da monarquia!! - abolida de vez em 1848. Narra detalhadamente as características físicas do futuro Grande Monarca, e até seu estado civil – casado - com uma bonita esposa.

Fora Vettetini, somente Nostradamus dá uma descrição física do futuro Grande Monarca, epiginia de Jesus.

Narra a grande rebelião de Paris, profetizada por Nostradamus em várias quadras, e na Epístola a Henrique):

 

“Paris  é cercada, não por estrangeiros, mas, sim, por franceses. É a revolução. O povo se rebelou. Estão satisfazendo o desejo de vingança, destruindo tudo. Estão atacando toda a cidade. Todos os bairros foram destruídos. Os passeios de Paris também foram totalmente destruídos.  Surge o já mencionado príncipe...”

 

            Ele diz sobre a III Guerra Mundial: "Diante dessa guerra, as guerras do passado parecem brincadeira de criança...”. Fala do povo indo às ruas para aclamar o futuro Grande Monarca (muitas profecias dizem a mesma coisa).

   

 

            Esta é uma das mais impressionantes profecias que conheço!

Você pode encontrá-la aqui.